10 abril 2010

De regresso

Sempre atenta às placas, andei muito quilómetro a pé a beber um pouco de história.
O que me levou a Roma foi a ordenação diaconal do meu sobrinho, que foi no dia 6 de Abril, mas ir a Roma na Páscoa, só se aconselha a um inimigo. As multidões são de fugir. Nem se consegue fotografar uma porta, numa terra com portas lindíssimas.


2 comentários:

Gaivota Maria disse...

Como conseguiste esta foto da fonte sem uma única pessoa? Entraste dentrou de água ou foste lá à alvorada?Beijinho. Depois falaremos

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
Já aqui estive, sentada nas escadas e com meia dúzia de pessoas e ouvir a música das águas. Mas desta vez, não. Nem às escadas cheguei. Não entrei na água, qual Anita Ekberg, mas o zoom da máquina serve exactamente para isto.

Beijos