29 outubro 2012

A minha palmeira

 
Desde pequenina que esta palmeira, da casa do meu avô paterno, me impressionou pelo seu tamanho. Ela lá continua enorme a lembrar-me a minha infância.

2 comentários:

mfc disse...

Uma maravilha este conjunto.
Beijos,

Graça Pimentel disse...

Manel
Nesta casa passei momentos deliciosos da infância. Era a casa do meu avô paterno e, felizmente, ficou para um primo meu que tem condições para a restaurar e manter. continua a ser a casa do meu avô.

Beijo