27 janeiro 2013

O chão que pisamos

Alguém fez o trabalho de colocar estas pedras todas arrumadas para por elas andarmos. Quem terá sido? Que será feito desse trabalhador? Nós aproveitamos o seu trabalho e pisamos este empedrado. Quantas pessoas já pisaram este chão? Quantas vidas já por aqui passaram? Quantas histórias têm estas pedras no caminho? O que se pode imaginar a partir de um simples empedrado...

4 comentários:

mfc disse...

As formas e os olhares bonitos (e atentos) que lhes dão a importância que merecem!
Beijinhos,

Graça Pimentel disse...

Umas simples pedras podem contar história inimagináveis...

beijo

Gaivota Maria disse...

Sempre é um empedrado melhor do que o da Brito capelo. Neste nunca caí. talvez por intervenção do meu Bom jesus de Matosinhos

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
Para ser melhor que a Brito Capelo, não precisa de muito. Bastava ser terra batida...

Beijo