11 dezembro 2007

O Lourenço

Este é o Gonçalo. Primo do Lourenço. Também nasceu pequenino mas por uma razão diferente. Ao lado dele ia crescendo o Rodrigo e o espaço que o Gonçalo precisava (e ainda hoje precisa) começou a ser insuficiente. Fez da vida do Rodrigo, que sempre foi dado à boa paz, um pequeno inferno e o Rodrigo decidiu nascer para ter um pouco de sossego. Aliás, como, para o Rodrigo, a vida era de pouco mais de "come e dorme", já estava com um peso aceitável. O Gonçalo, como não tinha um minuto de sossego (o que se mantém) era uma amostra de bébé. Hoje, torço para que o Lourenço atinja o peso que o Gonçalo tinha quando nasceu.
As notícias que a Teresa me deu hoje são muito animadoras.

12 comentários:

Dani (ela) disse...

"GP", querida, indo lá em baixo e voltando, vejo que muita coisa lhe aconteceu... sumi uns tempos porque estou sem computador em casa. sinto falta der vir aqui e descansar meus olhos.

não deu para ler tudo, mas espero de coração que tenha tudo ficado bem com os seus.

sempre que der apareço.
bjo :-)

mjf disse...

Olá :o))
Cheguei até aqui vinda do blog da Ka, quero dar o meu apoio áo Lourenço, á mãe Teresa e á avó, o tempo vai passar, mais depressa do que imagina, e o netinho vai-se tornar num rapagão
Beijos e felicidades para toda a família

Voltarei

GP disse...

dani(ela)
Obrigada pela visita. Realmente muito aconteceu nestes últimos tempos.
Esperemos que tudo acabe bem.

Beijinho

GP disse...

mfc
Obrigada pelas tuas palavras de apoio. A ka tem sido uma amigona sempre a dar-me força.
Agora espero o rapagão... rápido.

Beijinho

Marco Ferreira disse...

Cheguei aqui através da KA.

O Lourenço vai crescer e ser um homem forte e saudável, é esse o desejo de todos nós.

Força.

marinheiroaguadoce a navegar

GP disse...

Obrigada, marco ferreira, pelas tuas palavras. Oxalá o Lourenço cresça rápido.

Um Ar De... disse...

Só agora dei conta da notícia. Ora, mas não é bom?
Conheço grandes rapagões que passaram tempos na incubadora!... Até parece que foi esse ventre artificial que os adubou!...
O que interessa é que continue a correr bem.
Porque, para a gravidade da situação, até que está a correr bem!
E agora vou-me embora, ou marcam-me falta.
Muitos bjs de parabéns.
Para a Teresa, uma boa recuperação, tá?

LB disse...

E tudo correrá bem, vais ver. Há sempre que ter esperança...

Beijinho

GP disse...

um ar de...
Obrigada pelas tuas palavras. Oxalá continue tudo a correr bem mas tem sido muito desgastante e estou esgotada.

Beijinho

GP disse...

Oxaá, lb, Oxalá! Mantenho a esperança.

Beijinho e obrigada

Tinta_Azul disse...

Querida GP
Um beijo muito muito grande.
Amanhã ligo-te. Não tenho estado...lx sabes. Nunca mais me livro...
Tenho-te no meu pensamento. A torcer muito.

GP disse...

Oh tinta_azul!
Fazes-me falta...

Beijinho