11 dezembro 2007

Para a ka

Conheci-te, há pouco tempo, através do sarrabiscos. Comecei por gostar de o-blog-da-ka. Depois comecei a conhecer a mulher maravilhosa que tu és, e nasceu uma amizade. Hoje mostraste-me quão grande é a nossa amizade. Deixaste-me emocionada, com as lágrimas nos olhos e sem palavras.
Desde 4 de Novembro que me tens manifestado, de diversas formas, o teu apoio nesta fase complicada da minha vida. Obrigada, ka!
Como ainda te falta muito para ser avó, eu vou preparar-te. É maravilhoso ver crescer um neto. Adoro ser avó. Consigo o distanciamento suficiente para apreciar, com alguma calma, o desenvolvimento dos netos, o que dá um prazer imenso, indescritível. E tudo isto é vivido com o conhecimento acumulado ao longo de uma vida. Os meus olhos de hoje são bem diferentes dos meus olhos aos trintas. É muito diferente de criar um filho. Mas tem um pequeno senão. Qualquer problema com um neto dói a quadriplicar. Dói por mim, pela filha, pelo neto(a) e pelo genro. Dói para além da conta, podes crer! O teu apoio, e o de todos os que também o têm manifestado, tem sido um bálsamo.
Para ti um beijo imenso e a minha amizade incondicional.

6 comentários:

Ka disse...

Querida Amiga,

Os amigos são para as ocasiões e esta é sem dúvida uma delas :)
E nem seria preciso fazeres um post (corei e fiquei de nó na garganta)

E já sabes que podes contar.

Beijinho grande e também ao Lourenço e à Teresa

GP disse...

ka
Não tens nada que corar... Até te dei uma liçãozinha de "avó" de que te vais lembrar quando tiveres os teus netos.

Um beijo grande

joaquim disse...

Pois, foi pela Ka e pelo Lourenço que aqui cheguei.

Apenas para dizer que concordo com a "definição" de avó, embora eu seja avô, o que para o caso é o mesmo.

Nas minhas orações não me esquecerei do Lourenço e de vós, que com todo o amor que lhe tendes lhe dareis razões para amar a vida e a familia que tem.

Abraço

GP disse...

joaquim
Como avó do Lourenço deixo aqui o meu abraço de agradecimento.

LB disse...

E eu acredito que a Ka tenha mesmo corado... e não só!
É que há pessoas assim...!

Beijinho

GP disse...

lb
Ainda bem que existem pessoas como a ka, quer corem quer não...

Beijinho