16 janeiro 2009

Torre da Madre Paula

O Instituto de Odivelas funciona no Mosteiro de S. Dinis cuja construção foi iniciada por Rei D. Dinis em 1295.

“O Mosteiro de S. Dinis, era de freiras bernardas, da Ordem de Cister. As residentes eram filhas da nobreza, que não casavam por não disporem de bens, quando a família não lhes atribuía um dote. Não estando prometidas em casamento a algum nobre, as raparigas recolhiam à sombra protectora dos mosteiros, enriquecidos com as doações dos reis e dos nobres, para aí levarem uma vida segura, em termos económicos.
A protecção das recolhidas do Mosteiro de Odivelas, era quebrada com as visitas dos reis a raparigas de seu agrado; quer D. Dinis, quer o rei D. João V frequentavam o convento, sendo que a célebre Madre Paula, era mãe de um dos filhos de D. João V.”

Claro que este assunto era tabu nos tempos em que eu por lá andei mas ouviam-se sempre uns zunzuns sobre a Madre Paula.
A fotografia, tirada no dia 12 de Dezembro, é da Torre da Madre Paula.

Para saber mais e ver mais fotografias, clicar aqui.

12 comentários:

Gaivota Maria disse...

O D. João V é que sabia. Escolhia-as bem e colocava-as melhor.

Mitó disse...

Querida Graça !

Sempre oportuna, vens hoje contar a história da Madre Paula ...

Faz boa viagem, um abraço e até amanhã !

Mitó

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
Disseste tudo. Eles não eram parvos...
Estranhei não te ver hoje. Pelo que me disseram não há nada de especial.

Beijo

Graça Pimentel disse...

Mitó
Cheguei agora do jantar que tinha e vou meter-me na cama para amanhã estar em forma para percorrer os muitos quilómetros que me separam de vocês...

Beijinho de até já

Tinta Azul disse...

Querida Gracinha,
Tantas coisas novas por aqui que...
o que me apetece mesmo é marcar um almocinho contigo.
beijinhos e até um dia deste. brevemente, espero.

:))

mfc disse...

Continuas a falar do Instituto com uma nostalgia tocante!

Gaivota Maria disse...

Não fui ao jantar porque estava bastante atrapalhada da minha perna que piorou porque tive que andar a subir e descer escadas.
Entre os meus kivros tenho um, que era do meu pai e que se chama "As amantes de D. João V" Tem umas páginas interessantes sobre a Madre Paula. Quandpo puder faço-te fotocópias e entrego-tas na reunião de Fevereiro juntamente com o meu livro da história do clube. Bom resto de domingo

Graça Pimentel disse...

Tinta Azul
Tu tens horários mais apertados que os meus. Eu já sou dona do meu tempo...
Combina um almoço para matar saudades.

Beijinho

Graça Pimentel disse...

mfc
Nem imaginas o que "isto" significa para mim. Reatar as conversas deixadas há 50 anos, é algo que me está a encantar. Eu vivi 24 horas por dia durante 5 anos com estas doçuras todas. Tem sido um mar de emoções...

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
Espero que já estejas melhor e que apareças na próxima reunião.
Gostava muito de ler essas páginas. Se mas arranjares, fico-te grata.

Beijinho

Gaivota Maria disse...

Começo hoje a fisio na tua freguesia. Espero estar funcional na reunião. Levar-te-ei as páginas da Madre Paula. O livro está muito velhinho, perdeu a capa nas múltiplas andanças mas é muito interessante. Se o quiseres ler posso emprestar-to. Só empresto a quem , como tu, respeita os livros
Um abraço

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
Espero que a fisioterapia esteja a dar resultado e que estejas operacional na reunião.
Bastam-me as cópias da parte respeitante à Madre Paula.

beijo