07 agosto 2014

O Amor e o Tempo

Um bonito poema de António Feijó (Ponte de Lima, 1 de Junho de 1859 - Estocolmo, 20 de Junho de 1917) numa linda fonte situada em frente aos paços do Concelho da maravilhosa Ponte de Lima.

2 comentários:

Mona Lisa disse...


Belíssima fonte "adornada" por tão belo poema.

Não conheço.Tenho pena.

Valem-me as tuas magníficas fotos.

Beijinhos.

Graça Pimentel disse...

Mona Lisa
Acho este poema delicioso e a fonte é linda. Acho que tudo é lindo em Ponte de Lima.

beijinho