06 fevereiro 2015

S. Leonardo de Galafura

 A poesia de Miguel Torga em S. Leonardo de Galafura. "O prodígio de uma paisagem que deixa de o ser à força de se desmedir. Não é um panorama que os olhos contemplam: é um excesso de natureza."

2 comentários:

Mona Lisa disse...

A sensibilidade de Miguel Torga!

Beijinhos.

Graça Pimentel disse...

A sensibilidade de Miguel Torga e a beleza do Douro particularmente naquela zona.

beijinhos