13 setembro 2015

Estação de recolha

Ontem, no passeio ao fim do dia, olhei para longe e vi o que me pareceu serem centenas de gaivotas. Parei, fiquei a ver e descobri que as gaivotas dormem todas num local perto da Ribeira do Álamo. À vinda ainda vi mais umas a dirigir-se para o mesmo local. Nunca tinha visto nada disto e, com o zoom da Lumix, consegui uns registos, dos quais partilho aqui dois.

2 comentários:

Mona Lisa disse...

Que maravilha!

Descobriste o dormitório das gaivotas.

Adorei as fotos!

Beijinhos.

Graça Pimentel disse...

Não sonhava que as gaivotas dormiam todas juntas. Foi, para mim, uma descoberta.

beijinho