11 setembro 2007

Regresso às aulas

Para os alunos e para mim, depois de um ano noutras funções. É tempo de fazer planificações, grelhas, listagens de objectivos, testes,...
Esta foi a minha ferramenta de trabalho durante muitos anos. Nesta máquina bati a stencil muitos testes que muitos homens e mulheres que andam por aí resolveram.

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades e mudam-se as ferramentas de trabalho.

... e, como vêm, ainda funciona embora a memória seja de 16 KB. Oh gente nova, não é para rir! É mesmo verdade.
Hoje, como senhora respeitável que sou, tenho outro portátil (sempre tive portáteis... as lentes progressivas tal me exigiam...) mas todo artilhado.
Um bom ano lectivo para todos, apesar da equipa governativa que temos...

9 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Bom Trabalho!

Ka disse...

Ohhh Graça, só u para fazeres um post destes...lol


Esta nova geração nem sabe o que são estas máquinas!!! Quanto mais escrever á mão (aqui ainda me mete mais confusão)!!!

Beijinho e bom resto de semana

Tinta_Azul disse...

Um bom regresso, apesar de não querer que tivesses regressado assim...

GP disse...

Obrigada cap créus.
Assim espero.

Beijinho

GP disse...

Olá ka!
É verdade. a malta nova não sabe o que é uma máquina de escrever...
Ainda escrevi muitos testes à mão em stencil de álcool e, com um estilete, em stencil. Nem imaginas como a máquina de esvrever foi bem vinda naquele tempo.

Beijinho

GP disse...

tinta_azul
Não querias que eu regressasse ou que eu regressasse assim? É que o "assim" não foi por vontade ou culpa minha. Confiei...

Beijinho

Dani (ela) disse...

G P querida, não me contive! pus-me a rir!! :-)

... 16 kb!!

e vamos programar nossas aulas sim. imagina a minha vida sem um computador!

bjo querida!

Liliana F. Verde disse...

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.

Eu não sei o que é escrever com máquina de escrever... já sou de outros tempos... ;)

O meu primeiro trabalho (do 5.º ano), já foi feito num computador, numa época em que a maioria ainda nem sabia bem o que era. Para escrever 3 páginas demorei horas...

Se hoje temos o computador, o que teremos daqui a uns anos?

Bj

GP disse...

Pois é Liliana, és doutra geração. Eu escrevi muito teste à mão, em stencil de álcool, antes de comprar a minha máquina de escrever. Depois foram anos a escrever, em stencil, na máquina. Já tinha mais de metade da minha carreira profissional passada quando comprei aquele pequeno Toshiba. A passagem do tempo tem destas coisas... É o progresso.

Beijinho