23 dezembro 2011

Boas Festas

Na tal 

Na tal habitação volto a falar-te
Na tal que já eu próprio não conheço
Na tal que mais que tálamo era berço
Na tal em que de noite nunca é tarde 

Na tal de que por fim ninguém se evade
Na tal a que sei bem que não regresso
Na tal que umbilical cabe num verso
Na tal sem universo que a iguale 

Na tal habitação te vou falando
Na tal como quem joga às escondidas
Na tal a ver se tu me dizes qual

Na tal de que eu herdei só este canto
Na tal que para sempre está perdida
Na tal em que o natal era Natal

David Mourão-Ferreira


Desejo a todos um Santo Natal

2 comentários:

mfc disse...

Não gosto do natal, mas sorrio ao ler-te como não podia deixar de ser.
Obrigado por tudo, Graça.
obrigado por esta amizade que já vem acontecendo há uns anitos.
Tudo de bom para ti e que o 2012 possa concretizar a maioria dos teus sonhos.

Muitos e muitos beijinhos.

Graça Pimentel disse...

mfc
Obrigada por todas as tuas palavras e pela tua amizade.

beijo e bom 2012