03 novembro 2006

Há dias...

... para viver e dias para esquecer. Hoje foi definitivamente um dos últimos.

"O que resta? O que sobrou?,
do meu sonho lindo de criança?" - como escreveu num poema o meu amigo Arnaldo

1 comentário:

Tinta_Azul disse...

Todos os dias são dias. Quando passarem muitos muitos dias, a nossa memória guardará com muito mais nitidez os dias bons.