23 junho 2009

Noite de S. João

Não saio na tua noite
Oh meu rico S. João
Mas ainda hei-de ir à janela
Ver se vejo algum balão.

Estou cansada e não gosto
De sardinhas e pimentos
Detesto as marteladelas
E Não gosto de ajuntamentos.

É parca a minha reforma
Nem manjerico eu tenho
Premeia o meu boletim
Que eu jogo com muito empenho.

4 comentários:

Gaivota Maria disse...

Vais ver muitos balões pois a noite está linda. Mas o cheiro de sardinhas que há por aqui à volta de minha casa vai-melevar já para a cama. Beijinho

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
Vi, realmente, muitos balões. Até vi um cair em chamas.
Tive que aguentar, até adormecer, o fogo de artifício de muitas das moradias que me rodeiam e que fizeram o seu foguinho no jardim.

Beijinho

Magalhães Pinto disse...

Fogueiras?... Cravos?... Balões?...

De que vale tanta alegria,

Se as minhas desilusões

Dazem ser noite de dia...


POETA FALHADO

Graça Pimentel disse...

Magalhães Pinto
Poeta sim, falhado não

Beijinho