19 dezembro 2009

Nem sonhos, nem rabanadas

No dia em que aqui coloquei o poema do António Gedeão todos os meus planos de Natal ruiram.
Ia apanhar o Metro. Tropecei e aqui estou de gesso e "pé ao peito". 15 dias de completa imobilidade e inutilidade. Ainda por cima nunca usei canadianas e a aprendizagem, para a minha idade, não é fácil.
Mudei-me para a casa da minha filha Teresa e cá estou a dar trabalho e com a horrível sensação, nova para mim, da falta de mobilidade.
Assim passarei o Natal e o Ano Novo. Que o Menino Jesus me dê paciência para aguentar os 13 dias que faltam.

11 comentários:

Gaivota Maria disse...

Se quiseres explicações para andares de canadianas possa dar-tas. Também posso servir de terapeuta para te adaptares a uma nova forma de ocupação mental neste períodode inactividade. Se os netos te deixarem, podes ler, bordar, tricotar, fazerrenda,ver TV, escreveres em blogues, fazer palavras cruzadas, etc. etc. etc. Tudo isto em doses curtas e alternando as actividades. E podes aproveitar para dormir... Também estás à vontade para fazer a convocatória para a reunião a que o Archer vai presidir a 4 de Janeiro. Nem penses que vais poder subir as escadas...

JOSÉ MODESTO disse...

Sonhos, sempre.
O Sonho comanda a vida.
Pequeno Azar nesta altura, todos lamentamos.

Rápidas melhoras

Saudações Marítimas
José Modesto

Anónimo disse...

Cara Graça:
Acabei de ler a sua prosa...
Não foi uma tragédia,logo tente vivê-la como uma pequena comédia...
Amanhã-quantas possibilidades encerra esta palavra!Por mais desalentador que seja o dia de hoje,há sempre o amanhã, com a promessa de coisas melhores.
Graça,já tinha visto o natal desse lado? Se calhar não.Saboreie com muito humor...
Eu acabei de chegar do instituto CUF.Estou de baixa com "prisão domiciliaria":gripe.A minha mazela não me dá direito a sair de casa, nem com canadianas...
Graça,todo o empecilho atrapalha,
mas dá-nos a possibilidade de superar os nossos contratempos.
Que o espírito de NATAL esteja juntinho e preso aos nossos corações.
Até amanhã! Até sempre!
Júlia Príncipe e Amadeu Faria

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
A Mafalda e o Lourenço vão preenchendo o meu tempo.
Quanto às canadianas, estão ainda na aprendizagem.
Nem me lembrava da convocatória. Mas estou convencida que subo as escadas.

Beijinho

Graça Pimentel disse...

José Modesto
Sonhos desses sempre.
Obrigada pelos desejos de melhoras.

Um abraço natalício

Graça Pimentel disse...

Júlia e Amadeu
Já vos mandei um mail.
Renovo os desejos de melhoras.

Um abraço natalício

JOSÉ MODESTO disse...

FARPAS:
Num semanário da nossa cidade:
"Foi o meu grande presente de Natal!!!".
Claro que foi Sr.Administrador, claro que foi...

Saudações Marítimas
José Modesto

Mocho Falante disse...

ohhhhhhhhhh, lamento ouvir isso, mas olha, é bom termos alguém que nos mime neste momentos....

uma beijoca de melhoras e o desejo de um Feliz Natal

Graça Pimentel disse...

Mocho Falante
Não vale a pena agarrarmo-nos a planos. Num segundo tudo pode ruir.
Vou aproveitar o mimo e saborear os petiscos que os outros fizeram. Uma sensação totalmente nova.

Agradeço os desejos de melhoras e desejo um Santo Natal

Um beijo

mdsol disse...

Oh Gracinha linda
Que azar. Espero que já te sintas melhor.

Beijnho

:))

Graça Pimentel disse...

mdsol
Azar mesmo. ainda por cima a apanhar as festas todas. Eu estou bem mas um pé faz uma falta que a gente nem sonha. Felizmente está a acabar.

beijinho