20 abril 2008

Crise?

Crise na construção civil? Onde? Não é no Porto nem em Matosinhos, do Oeste a Este...
Para onde quer que me vire encontro estes monstros...

6 comentários:

Tinta Azul disse...

Querida GP,
Sabes que me farto de pensar como é possível tanta grua no céu?
Beijinho

mariadosol disse...

Viva GP:
Ausento-me por uns dias...(em trabalho rsrsrs) e quando volto é só guindastes? Tens toda a razão....Muito se constrói neste país...
beijinho

GP disse...

É, tinta_azul!
As gruas nascem como cogumelos. E ainda falam em crise na construção civil...

Beijinho

GP disse...

mariodosol
Toda esta maquinaria infernal estraga-me as fotografias. Ela e os carros...

Beijinho e boa semana

um Ar de disse...

Este é mais um mistério dos tempos que correm!...

Não foi coisa que me tivesse passado ao lado, pelo contrário.

Quem compra?
Quem vende?

Enfim...


[BEIJO]

GP disse...

um ar de...
Não tenho resposta para as tuas perguntas. Eu não tenho nada com o assunto. Não vendo nem compro.

Beijinho