11 abril 2008

E o Atlântico aqui ao lado...

Não que o dia estivesse a pedir praia... mas eu lá fui com uma caixa apanhar areia. Preciso dela para fazer umas experiências aos ganapos do sétimo ano e, enquanto não me reformar, continuarei a procurar o material que a escola me não dá. O vento era muito e gelado mas a minha companheira de carteira aproveitou para apanhar uns apontamentos.

As gaivotas andavam por lá...

O mar batia nas rochas...

E havia quem estivesse no molhe a olhar para a lista cinzenta que o mar trazia...


10 comentários:

Anónimo disse...

Eu pretenço ao grupo que gosta de estar no molhe a olhar o mar mesmo quando está frio.
Boas aulas.

vento

GP disse...

Olá vento!
Eu aproveito para andar e, quando páro, é normalmente num dos bancos de pedra para ficar apenas a olhar o mar. Gosto de o olhar sempre: manso, bravo,... de todas as maneiras...

Um beijo e um bom fim de semana. Eu vou estar de avó...

Tinta Azul disse...

Querida GP
Que o fim-de-semana de avó seja bom. Beijinhos para os netos e um muito grande para ti.

mariadosol disse...

Vamos por ordem (rsrs)[que isto da disciplina é coisa a cultivar rsrs]
1) as fotografias são muito bonitas
2) o texto revela (também) coisas muito bonitas
3) estar de avó deve ser muito bonito

Conclusão: o teu post fez-me bem
ainda que, eu saiba algumas coisas possam cansar um pouco e nem tudo "são rosas"...
(posso confessar uma coisa? gostava tanto de ser avó enquanto tenho algum ar de gente que (quase) adoptei os netos de uma amiga.
bjs
Bom domingo

lgbolhares disse...

Ah, o mar! Sempre tão belo...

Beijinho

um Ar de disse...

Também conheço tão bem este mar.
Como tu, gosto de me sentar a olhá-lo.

O mar é uma paisagem inesgotável, sobretudo, em dias de turbulência.

Bom fim-de-semana de avó, também!

[BEIJO]

GP disse...

tinta_azul
Foi óptimo ter ficado ontem com o Lourenço e ter dormido esta noite com o Tiago. Logo tenho-os cá a todos.

Beijinho grande

GP disse...

mariadosol
Adorei o teu comentário. Ser avó é mesmo uma delícia. Ver crescer o bébé, a criança com o "distanciamento" (falta-me a palavra correcta) para poder apreciar. Ainda tenho no ouvido o primeiro "Fó" muito baixinho do meu Martim. Mas também tem o reverso da medalha. A educação é a dos Pais quer nós concordemos quer não, embora na minha casa seja eu a ditar as regras. E, quando estão doentes dói a triplicar: pelo neto, pela filha e pelo genro.
Hoje vou colocar um post para ti.

Beijinho grande

GP disse...

lgbolhares
Em qualquer altura, em qualquer lugar, com qualquer tempo, o mar é sempre belo.

Beijinho e bom domingo

GP disse...

um ar de...
É o nosso mar. Aquele que enche o coração de paz quando há tempo para nos sentarmos a olhá-lo e a senti-lo.
Ainda não respondi ao teu meil mas vou fazê-lo.

Beijinho