16 maio 2009

A decadência e o mau gosto lado a lado

Quem entra no Porto pelo tabuleiro superior da Ponte D. Luís, o que só pode fazer a pé ou de metro, depara, junto aos restos da muralha fernandina, com estes dois edifícios. Um em ruínas e outro que fere a alma de feio e deslocado.

8 comentários:

Tinta Azul disse...

Realmente.

E andavas de guia turística...Felizmente que tinhas muitas coisas bonitas para mostrar.

Beijo grande

Anónimo disse...

Obrigado, Graça, por esta foto. É como um bisturi. Crta a alma; todavia, sem angrar, porque já etamos exangues de exemplos destes. Viva o Poder Local.

mfc disse...

Um reparo bem oportuno!

Gaivota Maria disse...

Este é o país que temos...

Graça Pimentel disse...

Tinta Azul
Há tanta coisa bonita para ver que perdoamos esta. Mas que dói, dói!

Beijinho

Graça Pimentel disse...

Anónimo
Eu não digo "Viva o poder local". Num país que pouco maior é que uma quinta, elegermos 43000 autarcas é de bradar aos céus. Como é possível haver frequesias com 1 quilómetro quadrado?! É um quadrado com um quilómetro de lado. E, ainda por cima em zonas onde há um número reduzidíssimo de votantes. Os partidos políticos esquratejaram o país para arranjar tachos para todos. Tachos que todos nós pagamos.
O que lá estão a fazer, não é novidade para ninguém...

Graça Pimentel disse...

mfc
É a minha terra que eu estava a mostrar a amigas que são de Lisboa. Aquela vista magoou-me. Elas perdoaram. Na terra delas também têm exemplos detes.

Beijinho

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
É o país que temos e que não está na nossa mão consertar. Mas podemos e devemos denunciar.

Beijinho