10 maio 2009

Fim de festa

Os quatro dias de festa, a mostrar a minha Cidade Invicta a três amigas lisboetas, acabaram.
Claro que fomos visitar o Palácio da Bolsa. Como as fotografias são proibidas, fico-me pela entrada.


Também não podiamos deixar de visitar a Igreja de S. Francisco de que deixo aqui um "cheirinho".

Estes dois monumentos, ícones da Invicta, ficam ao lado do Mercado Ferreira Borges.
Se alguém conseguir chegar à fala com Rui Rio, peça-lhe para mandar consertar as mazelas, que são poucas, antes que este edifício fique num estado de degradação que nos coloque mal. Os portuenses, e os que nos visitam, merecem ter o Mercado Ferreira Borges lindo.
É que, no nosso Portugal, há o triste hábito de não se fazerem obras de manutenção. Constrói-se e só quando está a cair é que se gastam fortunas para "reconstruir".

6 comentários:

Gaivota Maria disse...

Agora descansa. Espero que te tenhas divertido à grande. Tens razão no que dizes do ferreira Borges. Eu ainda o conhecia como mercado de fruta. Como estou com idade!!!!!

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
Não fiquei muito cansada mas lá que me diverti à grande, isso é um facto.
O que precisa de manutenção no Ferreira Borges é muito pouco mas o suficiente para não "magoar" o olhar.

beijinho

mdsol disse...

Estou a ver que os passeios foram bons! Só podia, não é mesmo?

beijinho
:))

Mitó disse...

Os quatro dias de festa acabaram, mas deixaram muitas saudades de ti e do Porto, que é lindo ...
Agora sinto muito mais as palavras das canções do Rui Veloso !
Publicamente deixo aqui o meu muito obrigada, acreditando cada vez mais que nada acontece por acaso.
OBRIGADA, GRACINHA !!!!

Graça Pimentel disse...

mdsol
Caro que os passeios só podiam ser bons. Óptimos mesmo.

Beijinho

Graça Pimentel disse...

Mitó
As saudades também ficaram por cá. Mas ainda há muuuuiiiito para ver no Porto e arredores e oportunidades para repetir não vão faltar.

Um beijo amigo