26 julho 2007

Fão

Vindos do Norte, cruzemos o Cávado através da histórica Ponte D. Luis Filipe , Monumento de Interesse Público. O visitante depara com a vetusta e romântica Fão. A Fão de outrora, de hoje e do futuro.Por aqui cruzaram-se civilizações que marcaram profundamente o tecido urbano e o carácter do fangueiro.Se hoje o seu Ex-libris é a doçura da sua gastronomia traduzida nas Clarinhas e Pastéis de Fão, outrora, no Séc. X e XI, o tempero era o sal. Fão transformou-se num dos mais importantes centros salineiros de Portugal Medieval.Por aqui sente-se a áurea da inquietude mediévica. Fão assistiu a constantes oscilações de população. (vale a pena continuar a ler este texto aqui)

Igreja Matriz


Piso de um passeio

Para quem não conhecer esta Vila e passar por esta zona fica um conselho - passar pela Rita Fangueira e comprar as clarinhas de Fão. Engordam, é um facto, mas são uma delícia.

16 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Nunca ouvi falar, mas ficou na retina o ir comprar as clarinhas de Fão :-)
Obrigado pelo conselho.

GP disse...

Olá!
"Portugal é Lisboa. O resto é paisagem"... Mas vale a pena ir à "paisagem" que tem coisas lindíssimas. Quando comeres as clarinhas de Fão diz-me se o meu conselho não valeu a pena...
Com que então nunca ouviste falar em Fão? É perto de Esposende. Será que já ouviste falar de Esposende?... eh eh

Beijo

Gi disse...

Tens jeito para a fotografia e bem te podes dedicar à macro. tens sensibilidade para isso.

Nunca ouvi falar de Fão :(´mas Esposende conheço :)

Beijinhos e bom fim de semana

CAP CRÉUS disse...

Esposende conheço, mas de nome!:-)
Não me vou esquecer das clarinhas, até me babo!

Dani(ela) disse...

fui no google saber dos doces. parecem deliciosos!

bjo :-)

GP disse...

gi
Estou à espera de poder comprar uma máquina a sério. A que tenho é pequenina, anda sempre na carteira e a qualidade das fotografias não é a que eu gostaria.

Beijinhos

GP disse...

Oh! cap creús!
Estás a precisar de vir ao Norte rapidamente... Como de pão para a boca...
Eu preparo-te a viagem. Tu trata de arranjar tempo e dinheiro...

Beijo

GP disse...

Dani(ela)
As clarinhas de Fão não parecem deliciosas... são deliciosas. Quando cá vieres eu ofereço-te uma caixa delas.

Beijinho

Dani(ela) disse...

prometo-te, um dia irei sim a Portugal. mas se cá vieres primeiro, traz uma caixinha pra mim?

:)

GP disse...

Fica combinado dani(ela) mas eu ir aí vai ser difícil. São muitas horas fechada num avião...

Beijinho

João Cordeiro disse...

Regressado de uns dias de ócio, eis-me de novo na partilha do ser…

Uns tocam-nos o corpo sem nunca nos terem tocado a alma... e outros tocam-nos a alma sem nunca nos terem tocado o corpo...


Beijo sonhador

GP disse...

Olá João!
Que tal os tempos de ócio? Deves estar moreno até porque acho que sou a única pessoa, neste país, que não faz praia. O meu branco (na pele e no cabelo) é perfeitamente assumido...
Bem (re)vindo a esta tua casa. As palavras que deixaste são uma maravilha. É mesmo isso...

beijoca

Sandra disse...

Ó Graça!!! E os folhadinhos recheados de doce de ovos que são a verdadeira especialidade da Rita Fangueira?! Até eu (que não sou gulosa) fico incomodada só de pensar. Tens de voltar lá... Foi um passeio incompleto!
Bj

GP disse...

sandra! Eu não me esqueci dos folhadinhos. Nem podia... Mas as clarinhas são mais conhecidas principalmente pelo público que não conhece esta zona como nós.
Por acaso o meu passeio foi incompleto. Fui em serviço visitar uma escola. Mas vou voltar com mais tempo.

Beijoca

holístiKos disse...

É de facto bom saber saber que prezou os encantos da nossa terra. É um facto que a vila de Fão tem muitos e variados encantos... isto claro com muita modéstia à parte. Vê-se portanto que a nível gastronómico, nomeadamente na área da doçaria já descobriu os nossos "folhadinhos" e as "clarinhas". É bem. Falta pois deleitar-se com um passeio à beira-rio, circundando o centro da Vila. Aflorar o pinhal e esbater-se na praia de Fão (conhecida como praia de Ofir) e rejubilar-se com um magnífico pôr-do-Sol...

É porque... "quer chova ou não, está sempre bom em Fão..."

aquele abraço!

GP disse...

Também dei um passeio à beira-mar e almocei no Restaurante, de que não me lembro o nome, junto (do?) Hotel. Comi lá uma sopa com queijo, de que também não me lembro o nome, deliciosa. Conheço bem a zona e vou algumas vezes a Esposende de que gosto muito... apesar da rivalidade Esposende-Fão ou Fão-Esposende que também conheço...
Aliás, o baptizado da minha neta foi na Pousada. Linda, também.

Um abraço