24 julho 2007

Os edifícios de interesse público...

... estão nas mãos dos bancos. daí que nos falte nos bolsos...
Ontem mostrei-vos a Caixa Geral de Depósitos na Vila do Prado. Hoje fica aqui o Millenium de Barcelos.

8 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Desde que não estraguem..o pior é que é isso que muitas vezes acontece!

GP disse...

Tens razão, cap créus. Por acaso estes dois casos são bons exemplos.

Dani(ela) disse...

nossa GP, essas fotos (portadas e detalhes das janelas)parecem muito com as Igrejas que o Aleijadinho talhou por aqui! aliás, nosso barroco inicial quem nos trouxe, foram vocês!

:-)

GP disse...

dani(ela)
Claro que encontrei muita coisa sobre o Aleijadinho.
O pai, Manuel Francisco Lisboa, partiu de Odivelas (Lisboa) para Vila Rica. Era carpinteiro. Teve um filho de uma escrava de origem africana e de nome Isabel, a quem deu o seu nome: António Francisco Lisboa.
Esteve ligado à construção de muitas e bonitas Igrejas no Brasil.
A História dele é bem gira.
Morreu em 1814 e foi sepultado na Igreja de Nossa Senhora da Conceição.
Além do nosso barroco inicial, também vos "demos" o pai do Aleijadinho...

Beijinho

Dani(ela) disse...

:)

GP disse...

Já me obrigaste a aprender algo de novo...

Sandra disse...

E eu que, em pequena, não resistia a meter o nariz nessa porta sempre aberta para uma lindíssima e silenciosa escadaria de pedra... Era no tempo em que ainda morava gente nestas casas...

GP disse...

Oh Sandra! Outros tempos, filha, outros tempos! Agora é o Jardim Gonçalves que sobe a escadaria...

Beijoca