20 fevereiro 2008

Confessionário

Um confessionário antigo de uma Igreja lindíssima - a Igreja de Santo António dos Olivais, em Coimbra.

Preciso de me ir confessar pelos nomes feios que tenho chamado ao Primeiro Ministro e ao seu rebanho. Claro que só digo estas coisas dentro das paredes da minha casa. Eu sei que os bufos andam por aí e os castigos também. Veja-se o que aconteceu aos dois técnicos da CCDR Centro que, no cumprimento dos seus deveres profissionais, tiveram a ousadia de dar um parecer desfavorável ao traçado do TGV quando o grande chefe queria um parecer favorável.

4 comentários:

LB disse...

Tempos que lembram outros tempos...

Beijinho

GP disse...

Mas nos outros tempos sabíamos com o que contávamos. A ditadura era assumida, agora é encapotada...

beijinho e obrigada pela visita

Tinta Azul disse...

Eu pecador me confesso,
aqui diante de mim...
Beijo grande e até amanhã. Que bom!

GP disse...

tinta_azul
Confessa que o confessionário onde te confessas é lindo...

Amanhã lá estarei...
~Beijoca